Assine nossa Newsletterfique por dentro de tudo o que rola no centro

A Vida no Centro

Passeio de bike em grupo dá mais segurança para quem não quer se aventurar sozinho por lugares que não conhece. Foto: Clayton Melo

City tours para curtir o centro de São Paulo: a pé, de bike, de dia, à noite

Há várias maneiras de conhecer o centro de São Paulo, e nos passeios em grupo a segurança é maior e a diversão é garantida. E o melhor, de graça

Muita gente até evita passar no centro de São Paulo, pela dificuldade de transitar por ali de carro, de estacionar e até de entender o sistema viário, com ruas que mudam de mão no meio do caminho e conversões obrigatórias que acabam levando o motorista para longe do local desejado.

Mas isso não é motivo para deixar de aproveitar a beleza arquitetônica da região, que concentra os prédios da belle époque paulistana, na primeira metade do século 20.

Listamos aqui várias opções para quem conhecer a cidade em grupo. Pode ser a pé, durante o dia ou à noite, ou ainda pedalando. Conheça as opções, programa-se e aproveite tudo o que São Paulo tem de bom. E ainda dá pra renovar o estoque de selfies em alguns dos edifícios mais bonitos da cidade.

Prédio onde fica o Shopping Light foi construído em 1929 para abrigar a companhia de energia elétrica e foi tombado nos anos 1980. Foto: Denize Bacoccina

Prédio onde fica o Shopping Light foi construído em 1929 para abrigar a companhia de energia elétrica e foi tombado nos anos 1980. Foto: Denize Bacoccina

Interior do Shopping Light, instalado num edifício do início do século 20. Foto: Denize Bacoccina

Interior do Shopping Light, instalado num edifício do início do século 20. Foto: Denize Bacoccina

Shopping Light

O Shopping Light – que aliás passou por uma transformação total e tem lojas e cafés muito bacanas – oferece um passeio gratuito pelo centro de São Paulo e outro pelo interior do prédio. Parece um pouco estranho um passeio por um prédio. Mas quem conhece a sede do shopping Light sabe que ele vale uma visita detalhada.

Leia também:

FACUNDO GUERRA, DO GRUPO VEGAS: “A RETOMADA DO CENTRO É A RETOMADA DA IDENTIDADE DO PAULISTANO”

FOTOS DO IMS MOSTRAM A TRANSFORMAÇÃO DO CENTRO DE SÃO PAULO DESDE 1860

 

O edifício, construído em 1929 para abrigar a então companhia energética da cidade, a Light, foi tombado em 1984 e transformado em shopping center em 1999. Desde então, vem sendo mantido com suas características originais, com destaque para as ferragens das janelas e acabamentos no teto.

Quando: todo último domingo de cada mês.

Horário: o tour no centro é das 10h30 às 13h, e o ponto de encontro é na recepção do Hotel Jaraguá (Rua Martins Fontes, 71, Centro). O tour dentro do prédio é das 14h30 às 15h30, com encontro na recepção do Shopping Light.

Como: inscrições pelo telefone (11) 3154-2299. Gratuito.

Edifício Matarazzo à noite: passeios noturnos permitem ver a cidade de um jeito diferente. Foto: Denize Bacoccina

Edifício Matarazzo à noite: passeios noturnos permitem ver a cidade de um jeito diferente. Foto: Denize Bacoccina

Caminhada Noturna

Caminhar durante o dia é legal, especialmente num dia ensolarado. Mas o passeio noturno revela outra faceta da cidade, mais calma e poética, com a incrível iluminação de alguns prédios históricos. E para evitar o problema que uma rua com pouco movimento pode oferecer a quem está sozinho, a solução é caminhar em grupo. E é justamente isso o que oferece o grupo Caminhada Noturna pelo Centro.

O passeio é patrocinado pelo restaurante Apfel, e foi criado há 12 anos por seu proprietário, Carlos Beutel. “Primeiro pensei em organizar um passeio durante o dia, mas eu também queria ir e durante o dia eu trabalho. Aí resolvemos fazer à noite”, conta Carlos.

Viaduto Santa Efigênia à noite: sem a correria do trânsito, dá pra apreciar os detalhes. Foto: Denize Bacoccina

Viaduto Santa Efigênia à noite: sem a correria do trânsito, dá pra apreciar os detalhes. Foto: Denize Bacoccina

Dezenas de pessoas se reúnem todas as quintas-feiras em frente ao Teatro Municipal para seguir um roteiro que muda a cada semana – e com temas tão variados quanto a revitalização do Bixiga, os diversos grafites nos muros da região ou a reinauguração da fonte no Vale do Anhangabaú.

Quando: Toda quinta-feira

Horário: 20 horas, na escadaria do Teatro Municipal. Duração de duas horas.

Como: não é preciso inscrição prévia, basta chegar. Gratuito. Acompanhe a programação aqui.

Edifício Itália, um dos destaques da arquitetura do centro de São Paulo, pode ser observado melhor num passeio a pé. Foto: Denize Bacoccina

Edifício Itália, um dos destaques da arquitetura do centro de São Paulo, pode ser observado melhor num passeio a pé. Foto: Denize Bacoccina

São Paulo Free Walking Tour

Este é para aquele amigo gringo que está visitando a cidade e gostaria de saber mais sobre a história e cultura de São Paulo. O passeio é conduzido por guias que falam inglês e português, e vem sendo realizado desde 2011.

O ponto de encontro é a Praça da República e a partir daí o grupo percorre os principais pontos turísticos do centro, como Copan, Teatro Municipal, Pateo do Colégio, Prefeitura e Biblioteca Mário de Andrade, entre outros. Dura 3h30, com 20 minutos de intervalo.

Quando: segunda, quarta, sexta e sábado

Horário: às 11h30

Como: basta chegar com 15 minutos de antecedência no ponto de encontro, ao lado do Centro de Informação Turística da Praça da República (Avenida Ipiranga). Gratuito

Passeio de bike em grupo dá mais segurança para quem não quer se aventurar sozinho por lugares que não conhece. Foto: Clayton Melo

Passeio de bike em grupo dá mais segurança para quem não quer se aventurar sozinho por lugares que não conhece. Foto: Clayton Melo

Bike Tour SP

Este é para quem quer andar de bicicleta no centro, mas tem medo da violência do trânsito ou de passar por locais que não conhece direito. A ONG Bike Tour SP foi criada 2013 pelos irmãos André e Daniel Moral, com o objetivo de disseminar a prática do ciclismo, e vem organizando passeios com a ajuda de voluntários e patrocínio de algumas empresas.

Uma delas cede as bicicletas e os capacetes. Não é preciso levar nada, a não ser disposição de pedalar e vestir uma roupa adequada.

No centro, o grupo faz uma rota no centro novo aos sábados e no centro velho aos domingos, passando em frente a edifícios belíssimos, como o Teatro Municipal, Sala São Paulo, Largo do Arouche, Catedral da Sé, Pateo do Colégio, entre muitos outros.

O passeio dura 1h30. Com um equipamento de som portátil, os monitores dão informações sobre aspectos históricos ou culturais dos locais por onde vão passando.

Quando: sábados e domingos

Horário: vários horários para escolher

Como: para marcar, é preciso acessar este site e escolher a rota e o horário. É gratuito, mas os organizadores pedem a entrega de dois quilos de alimentos para serem doados a instituições.

 

Quer outras dicas e sugestões sobre o que fazer no centro de São Paulo? Assine gratuitamente a nossa newsletter