Assine nossa Newsletterfique por dentro de tudo o que rola no centro

A Vida no Centro

Show no Bar Brahma: Banda Os Esporádicos faz uma jornada pelo rock nacional no encerramento do Clube da Imprensa

Com entrada gratuita, último encontro do Clube da Imprensa, nesta semana, tem debate sobre jornalismo cultural e muita diversão com clássicos do rock brasileiro tocados pela banda Os Esporádicos, que é formada por jornalistas. Veja os detalhes e apareça!

Se liga aí:
O quê: encerramento do Clube da Imprensa 2017 – debate sobre jornalismo cultural e show da banda Os Esporádicos
Quando: 31 de outubro (terça-feira)
Horário: casa abre às 18h para happy hour, e os debates se iniciam por volta das 20h30. O show começa na sequência, às 21h30.
Onde: Bar Brahma (esquina das avenidas Ipiranga e São João)
Quanto: entrada franca para quem for ao evento Clube da Imprensa, com direito a um chope grátis

O Clube da Imprensa, série que discute o atual momento e o futuro do jornalismo, vai terminar ao som de muito rock nacional. O último encontro da temporada 2017 do Clube, nesta terça-feira (31/10), vai ter um debate sobre jornalismo cultural e, logo me seguida, o show da banda Os Esporádicos, que tem a proposta de, com muita diversão, fazer uma jornada pela história do rock brasileiro.

No repertório, há releituras de Roberto Carlos, Raul Seixas, Tim Maia, Ronnie Von, Odair José, Barão Vermelho, Plebe Rude, Tokyo, Camisa de Vênus e Paralamas do Sucesso, entre outros.

A jornada no Bar Brahma nesta terça-feira vai ser assim: o DJ Edson Franco comanda o som antes do debate, programado para começar às 20h30 e durar pouco mais de uma hora. Na sequência começa o show d´Os Esporádicos.

Os Esporádicos e a homenagem ao rock brasileiro

Fundada em 2014, a banda só toca rock brasileiro, com releituras de músicas que fizeram a cabeça de diferentes gerações. Além de fazer todo mundo se divertir, a ideia do grupo é homenagear a música pop nacional.

Os Esporádicos têm veia jornalística. A banda é formada pelos jornalistas Arnaldo Comin (guitarrista), Maurício Guedes (baixista) e Clayton Melo (vocalista). Completa o time o baterista Leo Aduan. Clayton é um dos fundadores do projeto A Vida no Centro, com Denize Bacoccina – os dois jornalistas também estão entre os criadores do Clube da Imprensa.

LEIA TAMBÉM

CLUBE DA IMPRENSA, NO BAR BRAHMA, VAI DISCUTIR O FUTURO DA IMPRENSA NA ERA DIGITAL

O Clube da Imprensa 

Além de Denize e Clayton, fazem parte da organização do Clube da Imprensa os jornalistas Helio Gomes, Milton Gamez, Edson Franco, Cesar Itiberê e Rica Ramos. Todos com grande experiência no mercado em veículos como Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, Valor Econômico, Gazeta Mercantil, revistas IstoÉ, IstoÉ Dinheiro, Terra, BBC.

O tema do debate do último encontro do Clube da Imprensa é quente: “O jornalismo cultural segue relevante na era dos likes e das recomendações de usuários?” O painel vai ter a presença de (da esq. para a dir.): André Forastieri (jornalista), Ana Weiss (São Paulo Review) e Sergio Martins (Veja), mais a mediação de Edson Franco.