A Vida no Centro

Publicado em:
Tempo de leitura:5 minutos

Santa Cecília: o novo point gastronômico do centro de São Paulo

Esquecido no fim do século passado, Santa Cecília rejuvenesceu, ganhou novo público e oferece agradáveis opções para comer ou beber bem no centro de São Paulo.

No fim dos anos 1990, Santa Cecília era um daqueles bairros que a gente fica com pena: tão bem localizado, e tão abandonado. Nos últimos anos, porém, a localização central aliada a uma arquitetura acolhedora, com prédios bem desenhados, jardins abertos para a rua e arborização caprichada, aliada ao preço ainda acessível garantiu o revival do bairro, hoje um animado point gastronômico.

As ruas tranquilas abrigam endereços interessantíssimos, onde se pode comer bem, de forma despretensiosa e por preços justos. E lugares onde ainda é possível andar a pé, sentar em uma mesa na calçada para tomar uma cerveja

O SP24Horas fez um apanhado de novos lugares que abriram nos últimos anos, modernizando as opções gastronômicas do bairro.

De tradicional a hipster: um guia das novidades da Santa Cecilia

Por SP24HRS

A Santa Cecília teve um passado glorioso. No começo do século passado, foi o bairro escolhido pelos milionários senhores do café para construir suas mansões na capital do estado. Porém, ao longo do tempo, a especulação financeira e imobiliária mudou a cara da região, derrubando os casarões e transformando-os em prédios gigantescos, muitos sem nenhuma infraestrutura de lazer. Por este motivo, somado à construção do medonho Minhocão, a região acabou entrando em decadência e assim permaneceu por décadas. Até bem pouco tempo, os lugares de interesse da Santa Cecília se resumiam ao maravilhoso polpetone do Jardim di Napoli, à clássica feijoada do Ugues, à picanha superestimada da Esquina do Fuad e só. Raramente o bairro trazia alguma novidade, como o gostoso Rota do Acarajé, já no meio dos anos 2000.

Mais ou menos de dois anos para cá, a Santa Cecília caiu nas graças da galera empreendedora, que aproveitou a boa localização e aluguéis relativamente baixos para abrir novas e excelentes opções para beber, se divertir e principalmente para comer. Listamos alguns dos melhores lugares deste renascimento do bairro, que tem tudo para ser o novo queridinho da cidade, ainda mais se o tal Parque Minhocão sair do papel.

Confira a íntegra aqui

Leia também: Vegano no centro de São Paulo? Veja aqui boas opções de bares e restaurantes

Conheça os bares que estão agitando a noite na Galeria Metrópole