A Vida no Centro

Mercado Municipal de São Paulo
Publicado em:
Tempo de leitura:5 minutos

O que fazer no Mercadão de São Paulo? Veja dicas imperdíveis para aproveitar o passeio

O Mercado Municipal de São Paulo é daqueles passeios que agradam a todos: quem gosta de comprar comida, quem gosta de comer ou mesmo quem só quer passear. Veja dicas para aproveitar o passeio num dos lugares mais tradicionais de São Paulo

Um dos pontos turísticos mais famosos de São Paulo, o Mercado Municipal de São Paulo, mais conhecido como Mercadão, enche os olhos  – e a barriga – de quem o visita, mesmo que você já tenha ido lá inúmeras vezes. Sempre há algo novo para provar! Para todos os lados que você olha encontra novas cores, aromas e sabores.

Mercado Municipal de São Paulo

Desde sua inauguração, em 1933, o mercado tem muita história pra contar. Além de ser uma grandiosa obra de arquitetura é a cara da cidade por conta da pluralidade de pessoas, de comidas típicas e de sotaques e idiomas, e sempre está na listinha obrigatória de quem vem de fora.

 

São dois andares para você explorar: o térreo, onde estão as lojas com uma variedade gigante de alimentos, que vão de frutas, legumes, doces de todo tipo, conservas, queijos e azeites, e o andar de cima – inaugurado em 2004 – com restaurantes de várias especialidades. Portanto, você precisa ir preparado com sua sacola: é quase impossível sair de lá sem comprar algo.

São várias as opções de restaurantes no Mercado Municipal de São Paulo:

Enquanto você faz seu passeio pelos stands, prepare o paladar porque todos os vendedores fazem questão que você prove os produtos antes de comprá-los. Por isso, muita gente desiste do lanchinho depois das compras. Dito isso, a dica é aproveitar para experimentar tudo que quiser, mas separar um lugarzinho no estômago para o lanche, porque vale a pena.

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para ficar por dentro de tudo o que rola no centro

O que você vai encontrar no Mercadão:

Comidas: Quando se fala em comida, entre tantas gostosuras, é difícil fazer escolhas, né? Agora você precisa decidir se prefere o sanduíche de mortadela ou os pastéis e bolinhos de bacalhau, os três lanches que disputam o coração dos visitantes. Eles vêm em uma porção gigante e vão garantir (ou não) sua disposição para seguir passeando pela cidade. Além deles, hoje o Mercadão traz restaurantes árabes, japoneses, lanche de pernil, uma variedade de risotos e chope tirado na hora.

Mercado Municipal de São Paulo

Mercado Municipal de São Paulo

Compras: Uma grande variedade de produtos para todos os bolsos. Está nos seus planos economizar? Dê uma volta e pesquise para comparar os preços, pois algumas frutas exóticas tendem a custar mais caro. Você vai se perder no meio das delícias em conservas, temperos secos, azeites de diversas nacionalidades, queijos exóticos, frutas frescas, frutas cristalizadas, doces de chocolate e outros com cara de infância bem coloridos, carne e peixe frescos, geleias, bebidas alcoólicas e não alcoólicas.

Arquitetura: Quer encher seu feed do Instagram de cores? O Mercadão é o lugar perfeito pra isso. Projetado por Felisberto Ranzini e feito pelo arquiteto Francisco de Paula Ramos de Azevedo, o local abriga uma grande estrutura inspirada na arquitetura eclética. Os 72 vitrais no teto são lindos e ajudam na iluminação natural. Esse é um dos motivos para encontrarmos muitos fotógrafos passeando pelo local. Com 12.600 metros quadrados e quase 300 stands de compra, o lugar rende algumas boas horas de diversão e passatempo.

Mercado Municipal de São Paulo

Dica extra: Bem na frente do Mercadão está o Mercado Municipal Kinjo Yamato, que também exige uma enorme variedade de frutas da época e alguns restaurantes típicos e alguns stands com plantas e flores. Aqui, vale a pena experimentar a coxinha de frango feita com massa de mandioca, uma verdadeira delícia!

Veja fotos:

Como chegar: A melhor maneira de chegar ao Mercadão é de transporte público, porque fica bem próximo das estações São Bento e Luz, da linha 1 Azul.

Se você preferir desembarcar na estação São Bento, desça na Rua 25 de março, vire à direita, na Rua Comendador Afonso Kherlakian e, em seguida, à esquerda, na Rua Cantareira.

Se for desembarcar na estação Luz, vá em direção à saída Avenida Prestes Maia (lado par), caminhe cerca de 100 metros em direção à Avenida Senador Queirós até a altura do número 900.

Rua Cantareira, 306
Horário de funcionamento:
Segunda a sábado, das 6h às 18h
Domingos e feriados, das 6h às 16h

Contato: (11) 3313-3365

Leia também: VOLTA AO MUNDO EM 20 BARES E RESTAURANTES PERTO DO COPAN

SÃO PAULO DO ALTO: CONHEÇA OS MIRANTES DO CENTRO DA CIDADE