A Vida no Centro

Diálogos A Vida no Centro - Centro Histórico Foto: João Gil
Publicado em:
Tempo de leitura:5 minutos

Festival: Diálogos A Vida no Centro debate o Centro de SP no CCBB

Com entrada gratuita, os debates serão no dia 9/11, no CCBB, e vão reunir chefs, poder público e projetos sociais para discutir o Centro; veja a programação

O quê: Diálogos A Vida no Centro – Especial Festival
Com intérprete de Libras
Data: 9 de novembro
Horário: das 10h30 às 16h
Local: CCBB (Rua Álvares Penteado, 112)
Retirar ingresso meia hora antes de cada debate

O Festival A Vida no Centro, evento de cultura e experiências no Centro Histórico, terá uma edição especial do Diálogos A Vida no Centro, arena para debater o presente e o futuro do Centro de São Paulo. O evento abre o festival, no dia 9 de novembro, às 10h30.

O Diálogos terá painéis sobre negócios de impacto social, gastronomia e o poder da diversidade no Centro e palestras de Orlando Faria, Secretário Municipal de Turismo de São Paulo, e Cid Torquato, Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência.

Entre os participantes dos painéis estão a chef Janaína Rueda, do Bar da Dona Onça, Renato Meirelles, presidente do Instituto de Pesquisa Locomotiva, Ricardo Podval, CEO do CIVI-CO, vereador Police Neto, Carolina Lafemina, Secretária Adjunta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, e Alexandre Mutran, gerente de comunicação regional da Rede Globo.

LEIA TAMBÉM
Festival A Vida no Centro leva cultura e experiências para o Centro Histórico

A entrada é gratuita. É necessário retirar o convite meia hora antes de cada debate no hall do CCBB.

Veja a programação do Diálogos A Vida no Centro – Especial Festival no CCBB:  

10h30 – 10h45 – Os planos e ações da Prefeitura para o Centro de São Paulo

10h45 às 11h – O Centro de São Paulo como polo de inovação e cultura, por Clayton Melo (A Vida no Centro)

11h – 11h15 – São Paulo Capital do Turismo e Cultura Acessível, por Cid Torquato, secretário municipal da Pessoa com Deficiência

11h15 às 12h15 – Painel 1 – Negócios de impacto social: o que são e o que isso tem a ver com o Centro de SP

Em 2015, a ONU propôs uma nova agenda de desenvolvimento sustentável, a Agenda 2030, composta pelos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Um desses objetivos é tornar as cidades mais sustentáveis e inclusivas. É nesse contexto que entram em cena os negócios de impacto social, que têm o propósito de transformar positivamente a realidade por meio de inovações criadas, por exemplo, pelas startups. Mas qual o papel das empresas no fomento desse processo? Como o setor privado pode, num esforço conjunto com o poder público e toda a sociedade, impulsionar mudanças positivas em São Paulo?

Ricardo Podval – CEO CIVI-CO, polo de impacto social
Marcelo Linguitte – Head de Parcerias Estratégicas e Mobilização de Recursos da Rede Brasil do Pacto Global (ONU)
Elissa Fichtler – Diretora Pimp My Carroça, movimento pela valorização dos catadores de rua
Alexandre Mutran – Gerente de Comunicação Regional da TV Globo
Mediação – Clayton Melo (A Vida no Centro)

14h às 15h – Painel 2 – Como a gastronomia está transformando o Centro de São Paulo

A região central vive uma grande efervescência gastronômica, com a abertura de uma série de novos bares e restaurantes, que atraem frequentadores e turistas e geram empregos. Uma pesquisa do Dieese, por encomenda da Prefeitura de São Paulo, registra que apenas os distritos da Sé, República e Consolação reúnem cerca de dois mil estabelecimentos, quase 10% do total registrado na cidade. Esses dados são de 2016, antes, portanto, do atual boom gastronômico do Centro de São Paulo. Quais os fatores que levaram a região a se tornar o polo de gastronomia mais vibrante da cidade e qual o impacto disso no desenvolvimento do Centro?

Carolina Lafemina – Secretária Adjunta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho
Janaína Rueda – Chef de cozinha e fundadora do Bar da Dona Onça
José Police Neto – Vereador, autor do Projeto de Lei que incentiva as microcervejarias artesanais na cidade de São Paulo
Dani Borges – Chef de cozinha e fundadora do restaurante Bia Hoi
Mediação – Denize Bacoccina (A Vida no Centro)

15h às 16h – Painel 3 – O poder da diversidade no Centro de São Paulo e os benefícios da pluralidade para o desenvolvimento
O Centro é o território onde a diversidade se apresenta com mais força em São Paulo, seja no ponto de vista de gênero, racial, origem étnica ou classe social. Como a sociedade pode aproveitar todo esse potencial, desenvolvendo talentos, estimulando o empreendedorismo e contribuindo assim para uma sociedade mais justa do ponto de vista social?
Vera Santana – Coordenadora do Afrolab, produtora executiva do Festival Feira Preta e do projeto Aquário Urbano e curadora artística da Associação Cultural Cecília
Renato Meirelles – Presidente do Instituto Locomotiva, à frente da pesquisa “A Voz e a Vez – Diversidade no Mercado de Consumo e Empreendedorismo”
Michel Farah – Presidente do Grupo Farah – holding da Social In, empresa especializada em inclusão social

(Mediação) Rosenildo Ferreira, jornalista e diretor da aceleradora Vale do Dendê.