A Vida no Centro

Edson Franco

Franquezas

Edson Franco é jornalista com passagens por Folha de S.Paulo, revistas Galileu, Ele Ela, Guitar Player Brasil e IstoÉ e portal Terra. Atualmente é coordenador online do Canal Rural. Em quase todas essas publicações escreveu sobre música, fazendo críticas e entrevistando gente que vai de Wando a B.B. King. Músico diletante, toca guitarra nas horas vagas e discoteca em baladas de música brasileira dançante. É coautor do livro “Música Popular Brasileira Hoje” (Publifolha) e editor de “Zózimo Diariamente” (editora EP&A). Música é o centro da discussão aqui.

Spotifive # 1 – Cantora coreana de jazz, samba-rock alemão, brega paraense e muito mais!

Nosso colunista Edson Franco deu um rolê no centrão da música digital, o Spotify, e criou uma playlist para o blog: a “Spotifive – Franquezas”. Confira as dicas. Você vai se surpreender

Publicado em:
Tempo de leitura:5 minutos

Meu primeiro post pode ter passado a impressão de que este escriba é um cara apegado ao passado. Que eu sou um daqueles chatos, crédulos de que música boa é apenas aquela feita quando os pais dos millenials ainda nem tinham a capacidade de reproduzir.

Aí veio o Spotify e mostrou a este quase aposentado (pelas regras antigas) que havia muita coisa boa sendo produzida hoje. Viciado no aplicativo, fui apresentado a um monte de novidades (e velharias) que despertaram a minha atenção. Assim, resolvi mostrar neste blog que música de qualidade desconhece tempo, espaço e formato.

Criei a playlist “Spotifive – Franquezas”. Se você for usuário do aplicativo, a lista tá lá, basta pesquisar pelo nome. Se não, dá para ouvir as faixas aqui mesmo.

Isso posto, o plano é, em todas as sextas-feiras, ir acrescentando cinco músicas à lista (daí vem o nome Spotifive, sacou? ;)). Mas, na linha “o gerente enlouqueceu”, a playlist já nasce com dez músicas. Pague uma e leve duas.

Então, vamos lá, porque a vida é curta e tem tanta coisa boa pra ouvir…

 

1 – Las Die Schweinehunde Heulen – Lisa Bassenge

https://home/wp_wm9wu9/avidanocentro.com.br.youtube.com/embed/oQ9QzSU2vds

Avisa o Trump que essa coisa de acolher refugiados pode render maravilhas como essa música. Fraulein Bassenge é resultado do encontro entre um alemão e uma iraniana. E essa miscigenação faz bonito em qualquer pista de samba-rock brasileiro!

2 – Calypso Blues – Youn Sun Nah

https://home/wp_wm9wu9/avidanocentro.com.br.youtube.com/embed/236PCiS95iM

Se, há três anos, alguém dissesse que eu cairia de amores por uma cantora coreana, mandaria internar. Daí essa moça me foi recomendada pelo Spotify. E eu descobri uma nova maneira de fantasiar com asiáticas.

3 – Proposta Indecente – Dona Onete

https://home/wp_wm9wu9/avidanocentro.com.br.youtube.com/embed/K1uI9n_tfTU

Incrível imaginar que essa diva do carimbó chamegado tenha sido descoberta apenas aos 62 anos. O mundo perdeu a chance de ter tomado contato muito mais cedo com esse recorte desavergonhadamente brega e contemporaneamente arranjado da música paraense!

4 – Koop Island Blues – Koop

https://home/wp_wm9wu9/avidanocentro.com.br.youtube.com/embed/Ji0xDg6EVvI

Os suecos Magnus Zingmark e Oscar Simonsson são dois artesãos musicais. Vão juntando cacos e fragmentos melódicos até montar algo como esse belíssimo, singelo e dolorido tratado sobre a separação.

5 – Dokhtare Shab – Mehrpouya

https://home/wp_wm9wu9/avidanocentro.com.br.youtube.com/embed/Y_wanJmKLl8

Virtuose da cítara, Abbas Mehrpouya (1927-1992) foi um dos mais renomados músicos iranianos. Essa faixa demonstra como devia ser divertido viver no Irã antes da revolução islâmica.

6 – We the People – Peyoti for President

https://home/wp_wm9wu9/avidanocentro.com.br.youtube.com/embed/5BeAw5hlEoE

Gravada em 2007, essa música conheceu a luz em Londres, mas bem que podia ter sido no Pelourinho de Salvador.

7 – Tu Veux ou Tu Veux pas – Zanini

https://home/wp_wm9wu9/avidanocentro.com.br.youtube.com/embed/jv81sNYSZ9w

Clarinetista de jazz nascido em Istambul e radicado na França, Marcel Zanini aceitou o desafio de, em 1969, reinterpretar o sucesso “Nem Vem que não Tem”, de Wilson Simonal. Fez uma versão bem humorada, em contraste com a leitura mais sexy de Brigitte Bardot.

8 – Jersey Girl – Holly Cole

https://home/wp_wm9wu9/avidanocentro.com.br.youtube.com/embed/6cWBeeFrHC0

É uma delícia quando uma cantora de jazz como a canadense Holly Cole resolve emprestar a sua técnica para a leitura de uma música pop. A sensualidade escorre pelo fone de ouvido no caso dessa faixa.

9 – Tu Vuo Fa L’americano – Melania

https://home/wp_wm9wu9/avidanocentro.com.br.youtube.com/embed/b38NERId6JI

A cantora Melania aplica, em bom dialeto napolitano, uma descompostura naquele sujeito que quer posar de americano, mas que depende da bolsa da mãe para comprar um maço de Camel e que sempre enche o saco quando toma uísque com soda.

10 – Cobardia – Melcochita y Su Conjunto

https://home/wp_wm9wu9/avidanocentro.com.br.youtube.com/embed/2_VJI64qJuc

Com o auxílio do trompetista Tito Chicoma, esse humorista peruano mostra, de uma maneira divertidíssima, como uma mulher emocionalmente ferida pode sair do fundo do poço.