A Vida no Centro

Tayana Santos

Pílulas Paulistanas

Paulistana, Tayana Santos é formada em Relações Públicas pela Faculdade Cásper Líbero, com especialização em marketing. Atuou mais de dez anos na área de comunicação em empresas multinacionais e Museu de Arte moderna de São Paulo. Morou em Chicago e Washington DC (EUA). Em 2017, mudou o rumo da sua carreira e tornou-se guia de turismo, com objetivo de mostrar os detalhes e locais que passam despercebidos até pelos moradores da cidade. Aqui, compartilha suas “Pílulas Paulistanas” com curiosidades sobre São Paulo.

A história do bairro da Luz, uma vitrine de São Paulo

Um dos mais antigos de São Paulo, a história do bairro da Luz conta a própria história do desenvolvimento da cidade

O bairro da Luz é um importante cartão postal de São Paulo e um mais antigos do Centro da cidade. Ao olhar para o bairro da Luz, visualizamos a própria história social de São Paulo. Como uma vitrine, a região acompanha as diversas transformações da cidade.

Tudo começou por volta de 1600, quando Antônio Camacho ganhou 200 lotes de terra. No ano seguinte, Domingos Luiz e sua esposa mudaram-se do Ipiranga para o bairro e construíram, então, uma capela de Nossa Senhora da Luz.

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para ficar por dentro de tudo o que rola no centro

A região era formada por pântanos. Pouco a pouco, eles foram aterrados, pontes edificadas e construídos locais como o Jardim da Luz, o primeiro jardim público da cidade. Inaugurado em 1825, inicialmente como um Jardim Botânico, era o único ponto de lazer da cidade na época.

Já em 1867, outro marco para a região: a Estação da Luz, uma das mais importantes estações ferroviárias de São Paulo, cuja arquitetura e relógio chamam atenção pela sua inspiração britânica e neoclássica, imitando o Big Ben e a Abadia de Westminster, com estruturas trazidas da Inglaterra, tendo seu complexo arquitetônico tombado pelo Patrimônio Histórico.

As estradas de ferro romperam o isolamento de São Paulo, ligando a cidade ao litoral e ao Oeste do estado, transportando imigrantes e riquezas agrícolas e industriais. Hoje, com tanta tecnologia, é fácil se perder e esquecer o que representaram. A estrada de ferro era tão importante e inovadora que as pessoas esperavam na plataforma apenas para ver o trem chegar. Por seus saguões desfilaram figuras importantes da sociedade.

A decadência da região

A decadência da área teve início na década de 1950, quando empresas grandes ali instaladas se mudaram para outras áreas da cidade, como a Avenida Paulista, que coincidiu com o declínio das ferrovias e a valorização do transporte rodoviário na cidade.

Veja no vídeo mais detalhes sobre a região e a origem do nome Luz.

Link para o vídeo no Youtube.

Leia também: DICAS DE PASSEIO: CONHEÇA A HISTÓRIA, A CULTURA E A ARQUITETURA DO BAIRRO DA LUZ