A Vida no Centro

Publicado em:
Tempo de leitura:5 minutos

Podcast A Vida no Centro entrevista Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez

Primeira edição do PodCentro traz conversa com Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, fundadores da cia de teatro, que falam sobre novo Cine Bijou, Praça Roosevelt, cultura e muito mais; ouça aqui

A Vida no Centro agora tem podcast! Em parceria com a SP Escola de Teatro, a plataforma está lançando o PodCentro, programa quinzenal que vai falar de tudo o que envolve o Centro de São Paulo e a vida urbana na metrópole, como cultura, comportamento, estilo de vida e as pessoas que fazem do Centro um lugar cada vez melhor e mais interessante.

CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR O PODCAST DO A VIDA NO CENTRO NO SPOTIFY:

E, para estrear nosso podcast, convidamos dois personagens que, além de serem profissionais premiados e altamente reconhecidos no meio cultural, têm tudo a ver com o Centro e com a Praça Roosevelt: Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, fundadores da Cia de Teatro Os Satyros, que está completando 30 anos em neste ano.  A apresentação é de Denize Bacoccina e Clayton Melo.

E AQUI PARA OUVIR O PODCAST DO A VIDA NO CENTRO NO SOUNDCLOUD: 

Quem são convidados

Ivam Cabral é ator e dramaturgo. Nascido em Ribeirão Claro, no Paraná, é Doutor em Pedagogia do Teatro e mestre em Artes Cênicas pela ECA/USP. E hoje, além de atuar na maioria das peças da companhia, é diretor-executivo da SP Escola de Teatro — Centro de Formação das Artes do Palco. Como ator e dramaturgo, recebeu inúmeros prêmios e escreveu dezenas de textos. Não apenas no teatro, mas também para televisão.

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para ficar por dentro de tudo o que rola no centro

Já Rodolfo é diretor e dramaturgo e também recebeu diversos prêmios. Entre eles, o prêmio Shell de melhor diretor em 2005 por A Vida na Praça Roosevelt. Dentre seus principais trabalhos destacam-se “A Filosofia na Alcova”, “De Profundis”, “Sappho de Lesbos”, “Transex” e “Os 120 Dias de Sodoma”.

Ivam e Rodolfo fundaram os Satyros em 1989. Desde então a companhia produziu mais de 100 espetáculos, se apresentou em mais 20 países e recebeu 53 prêmios – incluindo APCA, Shell, Mambembe e APETESP.

No ano 2000 o grupo se instalou na Praça Roosevelt, na época considerada uma das regiões mais deterioradas do centro de São Paulo.

Cine Bijou e Praça Roosevelt

No papo, eles falam sobre a trajetória dos Satyros, como vai ser o novo Cine Bijou  e sobre o Centro de São Paulo. “Uma coisa que foi fundamental [na história dos Satyros] foi termos sido teimosos”, disse Rodolfo, referindo-se à persistência para fazer a companhia dar certo e não desistir. “Porque tivemos muitos revezes. Fomos errando e aprendendo”, afirmou Rodolfo. “Hoje se fala muito em empreendedorismo e, nesse contexto, em plano de negócios”, disse Ivam. “Mas já fazíamos isso lá no começo”.

Todas as gravações do PodCentro serão transmitidas ao vivo em nossa página no Facebook. Clique aqui para assistir aos bastidores do primeiro programa.

E acompanhe o portal e nossas redes sociais para saber sobre os próximos programas.

Ouça aqui o 2º episódio do podcast: mulheres empoderadas na cultura, com Nicole Puzzi