A Vida no Centro

Publicado em:
Tempo de leitura:5 minutos

A Vida no Centro lança podcast; ouça o 1º programa, com Os Satyros

Primeira edição do PodCentro traz conversa com Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, fundadores da cia de teatro, que falam sobre novo Cine Bijou, Praça Roosevelt, cultura e muito mais; ouça aqui

A Vida no Centro agora tem podcast! Em parceria com a SP Escola de Teatro, a plataforma está lançando o PodCentro, programa quinzenal que vai falar de tudo o que envolve o Centro de São Paulo e a vida urbana na metrópole, como cultura, comportamento, estilo de vida e as pessoas que fazem do Centro um lugar cada vez melhor e mais interessante.

CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR NO SPOTIFY:

E, para estrear nosso podcast, convidamos dois personagens que, além de serem profissionais premiados e altamente reconhecidos no meio cultural, têm tudo a ver com o Centro e com a Praça Roosevelt: Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez, fundadores da Cia de Teatro Os Satyros, que está completando 30 anos em neste ano.  Com Denize Bacoccina e Clayton Melo na condução, o podcast  tem edição e sonorização a cargo de Rodrigo Locaut, da SP Escola de Teatro.

E AQUI PARA OUVIR NO SOUNDCLOUD: 

Quem são convidados

Ivam Cabral é ator e dramaturgo. Nascido em Ribeirão Claro, no Paraná, é Doutor em Pedagogia do Teatro e mestre em Artes Cênicas pela ECA/USP. E hoje, além de atuar na maioria das peças da companhia, é diretor-executivo da SP Escola de Teatro — Centro de Formação das Artes do Palco. Como ator e dramaturgo, recebeu inúmeros prêmios e escreveu dezenas de textos. Não apenas no teatro, mas também para televisão.

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para ficar por dentro de tudo o que rola no centro

Já Rodolfo é diretor e dramaturgo e também recebeu diversos prêmios. Entre eles, o prêmio Shell de melhor diretor em 2005 por A Vida na Praça Roosevelt. Dentre seus principais trabalhos destacam-se “A Filosofia na Alcova”, “De Profundis”, “Sappho de Lesbos”, “Transex” e “Os 120 Dias de Sodoma”.

Ivam e Rodolfo fundaram os Satyros em 1989. Desde então a companhia produziu mais de 100 espetáculos, se apresentou em mais 20 países e recebeu 53 prêmios – incluindo APCA, Shell, Mambembe e APETESP.

No ano 2000 o grupo se instalou na Praça Roosevelt, na época considerada uma das regiões mais deterioradas do centro de São Paulo.

Cine Bijou e Praça Roosevelt

No papo, eles falaram sobre a trajetória dos Satyros, como vai ser o novo Cine Bijou e também sobre o novo espetáculo do grupo, “Mississipi”, que está em cartaz no Sesc Consolação e tem a Praça Roosevelt como território. “Uma coisa que foi fundamental [na história dos Satyros] foi termos sido teimosos”, disse Rodolfo, referindo-se à persistência para fazer a companhia dar certo e não desistir. “Porque tivemos muitos revezes. Fomos errando e aprendendo”, afirmou Rodolfo. “Hoje se fala muito em empreendedorismo e, nesse contexto, em plano de negócios”, disse Ivam. “Mas já fazíamos isso lá no começo”.

Rodrigo Locaut, responsável pela edição e sonorização do PodCentro

Todas as gravações do PodCentro serão transmitidas ao vivo em nossa página no Facebook. Clique aqui para assistir aos bastidores do primeiro programa.

E acompanhe o portal e nossas redes sociais para saber sobre os próximos programas.

Ouça aqui o 2º episódio do podcast: mulheres empoderadas na cultura, com Nicole Puzzi