A Vida no Centro

Badaró Art Cafeé - Cafés no Centro Histórico
Publicado em:
Tempo de leitura:5 minutos

Conheça os cafés do Centro Histórico de São Paulo

O Centro Histórico tem cafés para todos os gostos: em prédios históricos, com vista para ícones da arquitetura ou com cardápios modernos. Veja nossa lista

atualização em 29/09/2020

O Centro Histórico de São Paulo tem muitos atrativos. Prédios de grande riqueza artística e arquitetônica, museus e centros culturais, igrejas históricas. É um lugar ideal para caminhar, admirar. E quando bate aquela fominha ou dá vontade de parar para descansar ou pensar sobre o que se viu? Ou postar as fotos incríveis dos prédios históricos nas redes sociais? É a hora de procurar por um dos cafés no Centro Histórico.

Leia também: CAFÉS NA REGIÃO DA REPÚBLICA: UM GUIA COM OPÇÕES DE DIFERENTES ESTILOS

E não são poucas as opções na região, de cafeterias tradicionais para tomar um espresso no balcão aos que oferecem uma vista privilegiada da região onde São Paulo nasceu. No momento, todos trabalham com horários mais restritos do que antes (horários atualizados em 29/09/2020) e com número menor de mesas, alguns apenas para retirada e entrega. Mas vale a pena conferir o cardápio desses cafés do Centro Histórico.

NEWSLETTER

Assine nossa newsletter para ficar por dentro de tudo o que rola no centro

Cafés do Centro Histórico de São Paulo

Fizemos uma listinha dos principais cafés nesta região, que nos últimos anos viu a abertura de várias casas.

Café do Pateo

Se é para falar de Centro Histórico, não podemos começar em outro lugar que não o Pátio do Colégio. Sabe aquele casario branco, no endereço que é o do nascimento oficial de São Paulo? Em uma daquelas portinhas tem um tesouro escondido: o Café do Pateo. Com seus cafés especiais (o Pessegueiro, produzido artesanalmente desde o século 19 na região da Mogiana), suas broas de milho e ainda o pão do Pateo, feito com farinha de mandioca com receita original deixada pelo padre José de Anchieta, o local é perfeito para uma parada em meio à correria do Centro. É ainda um dos poucos lugares na região que abre aos fins de semana. E além de café, tem almoço. E aqui você lê mais sobre a construção, que não é original, mas um “falso histórico”.

Pateo do Collegio
Tel. (11) 3105-6899
De terça a sábado, das 9h às 15h

Girondino - Cafés no Centro Histórico

Café Girondino

Outro que abre no fim de semana é o Café Girondino. Bem em frente ao Mosteiro de São Bento, ele se beneficia da vista privilegiada da construção dos monges, do outro lado da rua. A vista interna, com decoração que evoca a São Paulo do século 19, também convida a uma pausa na correria das ruas ao redor, especialmente durante a semana. O cardápio é amplo, de café da manhã a almoço e cerveja e petiscos para o happy hour.

Rua Boa Vista, 365
Tel. (11) 3312 5260
De segunda a sábado, das 10h às 18h

Café Martinelli

No térreo do Edifício Martinelli local foi aberto em 1993, mas nem parece: a decoração e o mobiliário transportam você para o começo do século 20, quando o edifício foi construído e se tornou o prédio mais alto do país. Além da atmosfera que remete a um bistrô parisiense, o café tem um cardápio com quiches, tortas, massas e saladas. Além, é claro, de um bom café espresso e outras especialidades.

R. Líbero Badaró, 508
Te. (11) 3104-6825
De segunda a sexta, das 10h às 16h, apenas para delivery

Havanna Sé

Outro que tem uma vista privilegiada, tanto interna quanto externa, é o Havanna. Ao lado da Catedral da Sé, essa unidade da rede de cafeterias argentina fica no primeiro andar da Livraria Saraiva e, além do cardápio de cafés e tortas com o delicioso doce de leite da marca, oferece uma vista incrível da Praça João Mendes e da Avenida Liberdade.

Praça da Sé, 423
Tel. (11) 3104 6721

Badaró Art Cafeé - Cafés no Centro Histórico

Badaró Art Caffé

Vista para um local histórico também é o que oferece o Badaró Art Caffé. A janela do primeiro andar dá direitinho para o prédio do Theatro Municipal, do outro lado do Vale do Anhangabaú – e nos fins de tarde, para o por do sol. Com decoração moderna, o café tem três pisos, e o subsolo tem um wine bar, que vende vinhos e taça, extraídos com uma máquina especial que evita que o líquido restante tenha contato com o ar e permite experimentar uma grande variedade de vinhos e espumantes. O cardápio oferece desde combos de café da manhã a almoços leves e sanduíches especiais, além de tábuas de frios e porções para o happy hour.

Rua Líbero Badaró, 408
Tel. (11) 3106 0524
De segunda a sexta, das 8h às 20h

Casa Godinho

No quesito valor histórico, a Casa Godinho é o campeão. Instalado no térreo do edifício Sampaio Moreira desde 1923, quando o primeiro arranha-céu de São Paulo foi construído, a Casa Godinho foi criada ainda antes, no fim do século 19, em outro local também no Centro Histórico. Hoje, pertence a outra família e foi declarado patrimônio imaterial da cidade de São Paulo. O local é uma mercearia, com grande variedade de importados, de bacalhau de alta qualidade a vinhos, passando por doces e todo tipo de alimentos gourmet. Numa época em que era difícil encontrar produtos importados nos supermercados, era lá que No balcão e nas mesinhas no fundo da loja, a famosa empadinha e o café Nespresso.

Rua Líbero Badaró,
Tel. (11) 3105 1625
De segunda a sexta, das 8h às 15h

Caffè Latte

Numa rua escondida bem no meio do antigo centro financeiro de São Paulo – quase na esquina do Largo do Café e ao lado do Bolsa de Valores (hoje B3) –, este café é frequentado por quem quer fazer uma pausa no trabalho, por quem vai ao Centro para reuniões ou turistas numa pausa do passeio. Abre apenas durante a semana, mas nesses dias o cardápio faz por merecer: tem ótimos cafés, pães de queijo, de batata, bolos, doces e sanduíches, além de um cardápio de pratos executivos no almoço.

Rua do Comércio, 58
Tel. (11) 3242-1700
De segunda a sexta, das 10h às 18h

Flashback Café - Cafés no Centro Histórico

Flashback Café – CCBB

Instalado num palacete construído em 1901 e reformado em 1927 para abrigar a sede paulista do Banco do Brasil, fica dentro do CCBB e tem dois ambientes: interno e externo. Os dois permitem vistas belíssimas, seja do próprio casarão ou dos prédios do lado de fora, no jardim, perfeito nos dias mais quentes. O cardápio tem vários tipos de café, em várias preparações, e pães de queijo, broas, empadas, bolos e tortas. Tem ainda uma seleção de cervejas e vinhos e doces temáticos harmonizando com exposições em cartaz no CCBB. É um dos poucos lugares a oferecer o café Jacu. Se quiser almoçar, tem ainda um restaurante no terceiro andar.

Rua Álvares Penteado, 112
Tel. (11) 3131-3676
Ainda não reabriu

Maria Cristina - Cafés no Centro Histórico

Maria Cristina Doces

Tem grande variedade de doces portugueses, além de vários tipos de cafés,  salgados e tortas. Os doces podem ser consumidos no local ou levados para casa, em caixinhas em várias unidades.

Rua Álvares Penteado, 188
Tel. (11) 3101 3840
De segunda a sexta, das 11h às 17h

Jardim do Ibis Hotel, a poucos minutos do Largo São Bento

Ibis Styles Centro

A poucos minutos a pé do Centro Histórico, o Ibis Styles Centro oferece um atributo muito valorizado hoje em dia: um jardim, cercado por vidros, que dá vista para a rua e ao mesmo tempo permite relaxar com a vista do Farol Santander e do Mosteiro de São Bento. No jardim é possível consumir o café da manhã servido no restaurante do segundo andar ou, no período da tarde, aproveitar o café e pizzaria do térreo.

Avenida Senador Queirós, 202
Tel. (11) 4637 2340
Diariamente, das 15h às 22h

Leia também: REDAÇÕES, MUSEUS, LIVRARIAS DE ARTE: CONHEÇA A EFERVESCÊNCIA CULTURAL DO CENTRO NOS ANOS 1940, 50 E 60

Denize Bacoccina

Denize Bacoccina

Denize Bacoccina é jornalista e especialista em Relações Internacionais. Foi repórter e editora de Economia e correspondente em Londres e Washington. Cofundadora do projeto A Vida no Centro, mora no Centro de São Paulo. Aqui é o espaço para discutir a cidade e como vivemos nela.